O TTLTime to Live – é um campo existente em um pacote IP que tem por finalidade impedir que este pacote fique em Looping infinito. Este campo possui 1 byte de comprimento (valores de 0 a 255). O valor inicial do campo depende do Sistema Operacional e do protocolo usados no remetente, conforme ilustra a tabela abaixo:

Ao passar por cada roteador, o valor do Campo TTL deve ser decrementado até que se atinja um valor igual ou menor que zero, quando então será emitida uma mensagem ICMP Time Exceed de volta a origem e o pacote é descartado, isto garante que o mesmo não ficará dando voltas sem chegar a lugar algum.

Pois bem, há uma certa confusão com relação ao TTL que faz muita gente relaciona-lo com o numero de saltos, visto que, ao passar por cada gateway, ao menos um valor de TTL deve ser decrementado, ainda que o pacote não tenha ficado por lá por 1 segundo. Entretanto, o roteador pode decrementar mais de uma unidade TTL por segundo que este pacote tenha permanecido por lá. Assim, o TTL realmente expressa unidades de tempo e não de saltos.

Assim, como o TTL inicial pode ser qualquer um dos valores da tabela acima, e os pacotes de ECHO REQUEST e ECHO REPLY podem seguir caminhos diferentes, também não podemos usar o TTL para mensurar quantos saltos existem entre dois hosts quaisquer.

Vale lembrar que o TTL padrão dos Sistemas Operacionais é usado por ferramentas como o NMAP que procuram “adivinhar” o S.O. da vitima, talvez seja interessante mudar este valor default.

Utilitários como o Traceroute e o PathPing também utilizam o TTL para “Traçar” o caminho entre dois hosts.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: