Bancos pagam à Microsoft para ter o Windows XP atualizado

O fim do Windows XP é uma realidade que vai acontecer já no próximo dia 08 de Abril. Nessa data, a Microsoft vai terminar todo o suporte e todo o desenvolvimento de manutenção deste sistema operativo.

Mas o XP está mais disseminado do que se poderia julgar, e as máquinas multibanco, são uma das maiores consumidoras deste sistema operativo.

De acordo com informações agora veiculadas, a maioria dos grandes bancos mundiais ainda não fez a transição para outro SO mais recente e estão a preparar-se para pagar à Microsoft para manter o Windows XP actualizado.

atm_xp_1

O fim do suporte do Windows XP por parte da Microsoft vai ter um impacto superior ao esperado na banca, sendo os multibancos os mais afetados, como máquinas e como sistemas essenciais.

Dos cerca de 2.2 milhões de máquinas multibanco 95% ainda correm versões desactualizadas do XP e as redes bancárias ainda não preparam, ou sequer iniciaram, a sua migração para um SO mais recente, sendo que apenas um terço dos multibancos corre o Windows 7.

Segundo valores apresentados, o custo desta migração de cada um dos bancos do Reino Unido rondará os cerca de 100 milhões de dólares.

Um elevado conjunto de factores têm estado a atrasar essa migração e por isso os grandes bancos mundiais desenvolveram, ou estão a desenvolver, esforços para chegar a acordo com a Microsoft para que o Windows XP seja mantido e que sejam corrigidos os problemas que surjam até que estas migrações estejam terminadas.

Os bancos, em muitos casos, estão a aproveitar esta necessidade de actualização para melhorarem as suas máquinas e para as capacitarem para ler cartões com chip e não apenas cartões de banda magnética.

Muitos dos planos de actualização estão já em curso e conta-se que demorem até ao ano de 2016 e até mais tarde. É aqui que a Microsoft vai ter de intervir, garantindo que o Windows XP se mantêm seguro e com capacidade para se manter funcional.

Os acordos, que muitos bancos não estão a admitir, mas que a Microsoft já confirmou, implicam valores quase tão elevados como o preço que os bancos têm que pagar para as actualizações, mas que são necessários para garantir que as máquinas multibanco se mantenham funcionais e sem problemas de segurança.

atm_xp_2

Uma das razões que está a prolongar a implementação das actualizações dos multibancos é a escassez de recursos para a realização desta tarefa. Ao arrancarem tarde, e quase todos em simultâneo para a necessária tarefa, os bancos viram-se sem técnicos para a realizar, por estarem já ocupados noutros bancos.

É aqui que a Microsoft entra, ao garantir que o Windows XP se vai manter actualizado contra problemas que surjam até à finalização das migrações dos bancos.

O Windows XP sempre foi um excelente sistema operativo, provavelmente o mais usado quer a nível empresarial e doméstico, e por isso está a ser muito complicado à Microsoft terminar com a sua vida útil.

Poderia a Microsoft alargar este suporte aos utilizadores doméstico e manter o Windows XP?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: