Transforme o seu CentOS em um servidor Web (LAMP)

Todos nós sabemos que as distribuições Linux são extremamente potentes e flexíveis, e que a maioria dos servidores, espalhados pelo mundo, usam Linux para implementar os mais diversos serviços (ex. WWW, DNS, FTP, SSH, entre outros).

Hoje, à semelhança do que temos feito para o Ubuntu, vamos ensinar como transformar o nosso CentOS num autêntico servidor Web com suporte para MySQL e PHP.

lamp_00

O que é um LAMP?

Noutro dia alguém me questionava sobre o que era afinal um LAMP. Ora bem, no pplware já apresentamos um conjunto de artigos que ensinam a montar um verdadeiro servidor LAMP (Linux, Apache, Mysql e PHP).

Basicamente um LAMP (Linux, Apache, MySQL e PHP) é um conjunto de serviços sobre Linux, que nos permitem criar um verdadeiro servidor Web (Apache – para colocar conteúdos online como por exemplo sites, plataformas como wordpress, Joomla, wikis, etc) com suporte para a linguagem de programação PHP com suporte para o serviço de base de dados MySQL.

Para transformarem o vosso CentOS num autêntico LAMP devem seguir os seguintes passos:

1) Instalação do Apache

A instalação do Apache no CentOS é algo relativamente simples. Para isso basta abrirem o terminal e inserir o seguinte comando:

yum install httpd -y

Depois de instalado, o serviço pode ser iniciado através do comando:

/etc/init.d/httpd start

Para verificar se o serviço está a correr correctamente, abram o browser na própria máquina e insiram o endereço http://localhost

centos_00

Por omissão, no CentOS a directoria por omissão para colocar sites é em /var/www/html. Relativamente à configuração do Apache, o ficheiro principal de configuração encontra-se em /etc/httpd/conf/httpd.conf

Caso pretendam que o serviço inicie automaticamente após reiniciarem a máquina no runlevel 3 ou 5 (Saber mais sobre RunLevels aqui) devem executar o comando:

chkconfig --levels 235 httpd on
2) Instalação do MySQL

Para instalar o MySQL, basta correr o seguinte comando.

yum install mysql mysql-server –y

Em seguida, mande iniciar o serviço e configure de imediato o serviço para que este arranque automaticamente aquando do arranque do sistema.

/etc/init.d/httpd start
chkconfig --levels 235 mysqld on

Configurar o MySQL

Para configurar uma password de acesso ao MySQL com o utilizador root, deverá executar o seguinte comando:

/usr/bin/mysql_secure_installation

centos_01

Durante a configuração, devem seguir os seguintes passos:

Enter current password for root (enter for none): # DAR ENTER #Set root password? [Y/n]     # DAR ENTER #New password:                # Redefinir Password #

Re-enter new password:      # Redefinir Password #

Remove anonymous users? [Y/n]   Y

Disallow root login remotely? [Y/n] Y

Remove test database and access to it? [Y/n] Y

Reload privilege tables now? [Y/n]  Y

3) Instalar PHP

Para instalar o PHP basta executar o seguinte comando

yum install php –y

Em seguida devemos reiniciar o Apache

/etc/init.d/httpd restart

Se quisermos testar o suporte para PHP e ver todos os parâmetros associados ao Apache+PHP+MySQL, podemos criar um pequeno script com as seguintes linhas:

<?php

phpinfo();

?>

e gravar, por exemplo, num ficheiro com o nome phpinfo.php e colocar no directório /var/www/html

Depois basta ir ao browser e escrever http://localhost/phpinfo.php

centos_02

Para que o MySQL tenha suporte para PHP, basta que executar o seguinte comando para instalar o pacote php-mysql -y:

yum install php-mysql –y

Em seguida mandamos novamente reiniciar o Apache e voltamos a abrir o enderço http://localhost/phpinfo.phppara verificarmos que o MySQL já tem suporte para PHP.

centos_03

E está feito…temos um servidor WEB proto a funcionar. Estas configurações servirão de base a alguns tutoriais que temos já preparados e que disponibilizaremos nos próximos tempos. Estejam atentos.

Qual a distribuição Linux que usam em servidores?

Fonte: Pplware

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: