A “linha de comandos preta” que ainda vem com o Windows é para muitos um local proibido, complexo e retrógrado face à evolução de tecnologia. Com o aparecimento das interfaces gráficas sofisticadas, foram muitos os utilizadores que abandonaram a “pequena” janela de comandos e optaram por instalar ferramentas gráficas para quase tudo.

No entanto, a verdade é que via terminal, conseguimos obter mais rapidamente informações e realizar determinadas acções, comparativamente à utilização de aplicações gráficos. Hoje deixamos-lhe um conjunto de 5 comandos muitos úteis para ver e analisar eventuais problemas com a rede.

comandos

1) ipconfig

Um dos métodos mais rápidos de saber o endereço IP (e outras configurações de rede) de uma máquina é acedendo à linha de comandos e escrever o comandos ipconfig

ipconfig_00

Caso o utilizador pretenda ver detalhadamente todas as configurações, deverá usar o comando ipconfig /all

Além da visualização dos parâmetros de rede, este comando oferece outras acções, como por exemplo limpar os registos em cache do DNS (ie, quando mudamos de servidor de DNS, é importante limpar as informações já armazenadas). Para limpar a memória cache basta que usem o comando ipconfig /flushdns

2) Ping

Um dos métodos que normalmente usamos para saber se uma máquina está “viva” na rede, é recorrer ao comando ping. Para quem não conhece, o comando ping é dos mais usados no mundo da redes, uma vez que permite testar a conectividade entre equipamentos, usando para isso o protocolo ICMP.

Vamos por exemplo testar se o servidor de DNS da Google (8.8.8.8) está a responder a pings

ping

3) Tracert

Com tracert podemos ver, em tempo real, todo o caminho (ou seja, quais os routers por onde passa a nossa comunicação) que um pacote percorre até chegar ao seu destino.

tracert

4) nslookup

O comando nslookup, que é tipo canivete suíço para avaliar o funcionamento de servidores de DNS.

nslookup

 

5) netstat

O netstat é um comando muito útil que nos permite ver todas as comunicações activas na nossa máquina. Com este comando podemos também saber detalhadamente quais os portos de comunicação TCP e UDP abertos na nossa máquina.

netstat

Estes são alguns dos comandos que costumo usar com alguma frequência no Windows e que considero bastante úteis. Como puderam ver, estes comandos dão-nos muita informação não havendo assim a necessidade de instalar aplicações de terceiros.

Quais os comandos que costumam usar no terminal do Windows?

Anúncios