A conceituada revista Forbes, publicou um artigo do jornalista e tecnólogo Tristan Louis, experiente analista do mercado da tecnologia, onde este dá conta de uma possibilidade de negócio que seria bombástica sob o ponto de vista de liderança e capacidade de procriação de novas realidades no atual mercado da tecnologia, principalmente à escala da mobilidade.

Tristan Louis apresentou argumentos razoáveis para justificar a compra da Nokia por parte da Apple.

A sua opinião está assente em vários pontos fortes e totalmente possíveis:

Patentes

A grande abordagem a este tema é sempre o futuro imediato, e neste caso a Apple precisa de patentes para satisfazer o seu rol de dispositivos wireless para a próxima década, mantendo com isso a Samsung longe da sua liderança. Todos sabemos que a Nokia é detentora de uma das mais modernas e poderosas carteiras de patentes no que diz respeito a tecnologias LTE e 4G. A Apple ainda há um ano resolveu, fora do tribunal com a Nokia, onde chegaram a um acordo, segundo consta, que trouxe aos cofres da Nokia algo como 500 milhões de dólares em royalties, na casa dos 5 a 7 dólares por iPhone, um imposto de 1% cobrado pela empresa finlandesa. Este seu portefólio de patentes vale em qualquer lugar cerca de 6 a 10 mil milhões de dólares. A Nokia tem assim um valor de mercado de 10 mil milhões de dólares.

Mapas

A Apple está muito atrás da Nokia. A empresa finlandesa é a que detém as melhores base de dados neste segmento, fruto de um negócio em 2007 com a Navteq. Mas, porque iria a Apple construir quando pode comprar a uma Nokia, aflita e quase ao mesmo preço, (8 mil milhões de dólares) que a Nokia pagou pela Navteq? Empresas como a Google, RIM, Microsoft, Amazon e Samsung todos dependem de alguma forma de mapas Navteq, esta compra daria à Apple uma nova alavancagem sobre essas outras empresas.

Wireless TV

A Nokia é detentora de excelente tecnologia para transmissão live TV aos dispositivos wireless, e TV é uma área para onde a Apple se está a dirigir mas é onde todos os seus concorrentes directos a batem.

Controlar a Microsoft.

A Nokia é sem duvida o maior parceiro da Microsoft, especialmente no high-end com os novos equipamento Nokia Lumia. Assumindo que não haveria quaisquer reclamações levadas a cabo pela Microsoft, a Apple poderá de uma forma estratégica, controlar o progresso da Microsoft que muito se tem esforçado para ainda garantir uma posição no mundo dos dispositivos móveis.

Negócio com dupla face

A Apple poderia fazer este negócio e, com um tiro, acertar em dois alvos em pleno movimento. Por um lado adquire as patentes e algumas de engenharia de software (muito parecido com o que o Google fez com a Motorola) e tudo o resto poderá servir para alargar a sua actividade ao fabrico de equipamentos de telecomunicações para marcas como Alcatel-Lucent (mais provável) ou para a Siemens, actual parceira da Nokia em equipamentos sem fio.

Louis termina exemplificando de que forma o negócio pode acontecer:

Com uma capitalização de mercado de 10 mil milhões de dólares para a Nokia e estando a Apple sentada numa de caixa de mais de 100 mil milhões de dólares, seria fácil para a empresa de Cupertino financiar o negócio sentada no sofá. Isto pelas razões apresentadas em cima, no entanto por essas mesmas razões a Google e a Microsoft também devem estar a querer entrar no negócio, puxando claramente o preço da Nokia para cima. Mas poucas empresas têm o poder de compra da Apple e nesse ponto esta acabaria por vencer essa luta e, mais uma vez, reordenar o segmento móvel, enquanto solidificava o seu lugar no controlo do segmento no futuro. [via Forbes]

Fonte: Pplware

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: