Transforme um Linux em um servidor de DHCP

O DHCP é um serviço de rede com o objectivo de automatizar todo o processo de configuração do protocolo TCP/IP nos diversos equipamentos de uma rede (ex. computadores, dispositivos móveis, impressoras, etc). Este é sem dúvida um processo que reduz o esforço de configuração por parte de qualquer administrador de sistemas numa rede informática.

Depois de termos ensinado aqui a configurar um serviço de DHCP no Windows, hoje vamos aprender como configurar no Linux.

linux_server

Em que situações se usa DHCP?

Por exemplo, quando um utilizador se liga a uma rede sem fios, por norma não necessita de configurar parâmetros adicionais (ex. IP, máscara, gateways, etc) na sua máquina pois estes são automaticamente obtidos a partir de um servidor de DHCP ou do próprio router que funciona com servidor de DHCP e disponibiliza esse conjunto de  informações.

Eu posso criar e controlar um servidor de DHCP?

Sim. Instalar, configurar e administrar um servidor de DHCP é uma tarefa bastante simples. Um servidor também facilita a acção por parte do utilizador, uma vez que o seu computador é automaticamente configurado. Para que preciso eu de um servidor de DHCP? Bem, um servidor de DHCP pode ser usado em diversas situações e num cenário de rede que se justifique. Seguem alguns cenários típicos, onde as configurações de acesso à rede podem ser baseadas DHCP:

  • Uma rede em casa com vários computadores
  • Numa empresa, vários DHCPS para vários segmentos de rede
  • LAN Party’s
  • etc.

Há muitas aplicações que permitem criar um autêntico servidor de DHCP para uma rede. Por exemplo, os routers que normalmente possuímos em casa têm essa funcionalidade. Neste artigo vamos demonstrar como colocar facilmente um servidor de DHCP a correr numa máquina e a distribuir informações sobre as configurações de rede.

 

Como montar um servidor de DHCP no Linux

Instalar e configurar um servidor de DHCP no Linux é algo relativamente simples e rápido. Para isso deverá seguir os seguintes passos.

Nota: De referir que este tutorial teve como base a distribuição CentOS 6.3

Passo 1 – Instalar o serviço DHCP

yum install dhcp

Passo 2 – Após a instalação, vamos proceder a configuração do serviço. O dhcp disponibiliza uma configuração modelo que pode ser consultada no ficheiro: /usr/share/doc/dhcp*/dhcpd.conf.sample . No entanto, para este tutorial vamos proceder a uma configuração muito simples.

Vamos então considerar que o nosso servidor de DHCP tem o endereço 192.168.10.1 e que pretendemos atribuir aos outros equipamento endereços a partir do 192.168.10.50 até ao 192.168.10.100. Vamos também considerar que temos um router como o endereço 192.168.10.254, que funciona como servidor de DNS.

dhcp

Para isso, dentro do ficheiro /etc/dhcpd.conf, incluímos a seguinte informação:

ddns-update-style interim;
ignore client-updates;
# REDE A QUAL SE APLICA
subnet 192.168.10.0 netmask 255.255.255.0 {

# DEFAULT GATEWAY
option routers 192.168.10.254;
option subnet-mask 255.255.255.0;

# DOMÍNIO E SERVIDORES DNS
option domain-name "pplware";
option domain-name-servers 192.168.10.254;

# RANGE DE IPs (192.168.10.50 ao 192.168.10.100)
range dynamic-bootp 192.168.10.50 192.168.10.100;
default-lease-time 21600;
max-lease-time 43200;
}

Passo 3 – Feita a configuração, vamos reiniciar o servidor de DHCP usando para isso o comando

 

/etc/init.d/dhcpd restart

Colocando agora por exemplo uma máquina com Windows na rede, basta indicar que a mesma deve obter a configuração de rede via DHCP.

dhcp

Nota: No caso de uma máquina Linux, podem forçar que a máquina obtenha os parâmetros de rede usando o comando dhclient.

Um servidor de DHCP numa rede LAN é sem dúvida uma importante ajuda no processo de configuração (digamos “configuração em massa”). No caso de ser necessário ter acesso à Internet, é importante frisar que é necessário que o servidor (neste caso o DHCP), possua também uma interface (Wired, ADSL, modem, etc), ligada a Internet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: