Como proteger a rede Wi-Fi da sua casa

Se você tem um roteador Wireless, tome o cuidado para que os vizinhos não roubem o seu sinal. Esta é uma prática muito comum quando a sua rede está desprotegida, mas pode ser evitada com algumas providências. Mesmo que contenham particularidades próprias, os roteadores dos principais fabricantes seguem uma mesma linha de exigências. Confira abaixo, como proteger o Wi-Fi da sua casa

Passo 1. Na página do roteador onde você acessa as configurações de seu equipamento, vá até a opção Wireless e mude o nome do ponto de acesso de rede na opção SSID. Coloque o nome que desejar no lugar do nome padrão que vem de fábrica no roteador, onde geralmente é a marca do produto. Alterando este nome, o suposto invasor perceberá que a rede tem um dono atento à segurança e que configurações já foram feitas nela;

TPLINK 1

Passo 2. Ative a encriptação dos dados. Isto significa que eles circularão pela sua rede em códigos ilegíveis. Desta forma, os invasores não conseguirão monitorar as informações trafegadas. Este procedimento é feito nas configurações Wireless. Basta habilitar a criptografia, que por padrão é desativada. As tecnologias mais conhecidas são WEP (Wired Equivalent Privacy), o WPA (Wi-Fi Protected Access) e o WPA2. Segundo especialistas, a que oferece mais segurança é a WPA e a WPA2;

TPLINK 2Após escolher o protocolo, coloque uma senha segura (Foto: Reprodução/Aline Jesus)
 

Passo 3. Na imagem acima, a tarja vermelha no campo ”PSK Passphrase” indica que a senha de fábrica foi alterada. É fundamental inserir uma nova senha, visto que o invasor quando tem a intenção de roubar o seu sinal, vai tentar inserir a senha de fábrica. Crie uma senha de difícil acesso e mantenha em sigilo. Caso contrário, se o invasor descobrir pode alterá-la;

Passo 4. Ative os filtros por endereço MAC (Media Access Control) e liste apenas os endereços dos dispositivos que estão autorizados a se conectarem em sua rede, como por exemplo, smartphones, notebooks e computadores. Este procedimento requer conhecimentos de comandos em rede. Na dúvida, procure um especialista para auxiliá-lo.

TPLINK 3

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: